As 35 maiores montanhas do Brasil

by Fernando Barros
Pico das Agulhas Negras 5° Maior montanha do Brasil
91 / 100

Quais são as maiores montanhas do Brasil? A real altura das montanhas, sempre foram e sempre serão um assunto polêmico no montanhismo. E quanto mais a tecnologia avança mais precisas se tornam essas medições e naturalmente elas acabam sendo atualizadas. Mas muitas delas apesar de serem refeitas, demoram para virarem “oficiais”.

Desde o século 17, o método para se medir a altitude de uma montanha foi o barométrico, usado também para medir a pressão atmosférica e mudanças no tempo. O barômetro ainda é muito útil para o montanhismo para prever mudanças no clima e continua presente nos equipamentos e relógios modernos, mas na questão de medida de altitude existe imprecisão de alguns metros e se tornou obsoleto frente ao sistema de posicionamento via satélites, como o GPS.

Serra Fina, entre as maiores montanhas do Brasil
Serra Fina, com os Picos Pedra da Mina, Três Estados e Alto Capim Amarelo

Projeto Pontos Culminantes do Brasil

Com o intuito de atualizar as medições das maiores montanhas do Brasil usando a tecnologia de GPS, o IBGE em parceria com o Instituto Militar de Engenharia (IME), criou em 2004 o Projeto Pontos Culminantes do Brasil. As medições finalizaram em 2005, e a lista das maiores montanhas do Brasil foi definida e geraram algumas alterações e sugestões de inclusão de 3 novas montanhas entre as 10 mais altas. Conforme esse projeto, os pontos culminantes ficariam assim:

Captura de Tela 2019 09 23 às 11.14.28
Tabela do Projeto Pontos Culminantes de 2004

As montanhas novas, como o Pico do Calçado e outras duas que nem batizadas foram, acabaram nunca entrando para as estatísticas, pois são consideradas como sendo “sub-cumes” do Pico da Bandeira e não novas montanhas. Mas 7 montanhas sofreram alterações oficiais na época, como:

  • Monte Roraima (- 5 metros)
  • Pico da Neblina (-20 metros)
  • Pico 31 de Março (-19 metros)
  • Pico da Bandeira (+2 metros)
  • Pico das Agulhas Negras (+ 5 metros)
  • Pico Cristal (- 10 metros)
  • Pico Pedra da Mina (+ 28 metros, passando assim para 4° lugar, na frente do Agulhas Negras).

Modelo geoidal

Porém em 2015 essas medições foram novamente questionadas frente à um novo conceito de medição. Que diz que as altitudes determinadas utilizando-se um receptor GPS não estão relacionadas ao nível médio do mar em repouso (conhecida como geoide), mas a um elipsoide, adotado como forma geométrica da Terra. Portando existe diferença entre as superfícies do geoide e do elipsoide.

Este novo modelo geoidal foi desenvolvido pelo IBGE, em conjunto com a Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (EPUSP), chamado de MAPGEO2015, para que se possa obter a altitude ortométrica (acima do nível médio do mar).

image

Tendo em vista o conhecimento do modelo de ondulação geoidal, em novembro de 2015, o IBGE atualizou as altitudes de sete pontos culminantes brasileiros.

O que temos hoje, como sendo as medições oficiais mais recentes adotadas, para as maiores montanhas do Brasil, estão no Anuário Estatístico do Brasil de 2016 do IBGE. Tem muitas montanhas que poucas pessoas ouviram falar, como Pico do Tesouro e Pedra Roxa e um pico na Amazonia “MF BVBB/4” que ainda nem foi batizado.

Tabela mais atual do Anuário estatístico de 2016

Tabela Maiores montanhas do Brasil
Anuário do IBGE de 2016. Lista das maiores montanhas do Brasil

Dessa lista das maiores montanhas do Brasil, nós já estivemos em 12 cumes

3° Pico da Bandeira | 2.891,98m | Serra do Caparaó – MG e ES

  • Fizemos essa trilha em 3 dias, com a nossa filha Gabi. Ela tinha +- 3 meses

4° Pedra da Mina | 2.798,40m | MG e SP

  • Fizemos esse cume durante a Travessia da Serra fina em 28/04/2018

5° Pico das Agulhas Negras | 2.798,40m | Parque Nacional de Itatiaia, RJ

  • Subimos em 01/06/2018
  • Distância: aproximadamente 11km de ida e volta, percurso da entrada do Parque até o Cume do Pico das Agulhas Negras.
  • Tempo: 7h

7° Monte Roraima, RR | 2.739,30 |

  • O ponto mais alto do Monte Roraima está localizado em território venezuelano. Porém o ponto mais alto dessa montanha que está em território brasileiro, que é o marco geodésico no ponto tríplice das fronteiras do Brasil, Venezuela e Guiana, tem 2.734,10 metros de altitude. Essa é a medida que entra para o registro do IBGE.
  • Estive lá em 16/02/2010
  • Foram 7 dias de trekking

8° Morro do Couto | 2.680m | Parque Nacional de Itatiaia, RJ

  • Subimos no seu cume em 04/06/2018
  • Distância: 6km de ida e volta
  • Tempo: 2h

9° Pedra do Sino | 2.670m | Parque Nacional de Itatiaia, RJ

Pedra do Sino de Itatiaia. 9° Maior montanha do Brasil
  • Faz parte do Trekking longo chamado “Circuito dos 5 lagos”. Do cume da Pedra do Sino se tem uma vista linda da parte de trás do Pico das Agulhas Negras. Subida fácil, sem a necessidade de equipamentos técnicos e sem “escalaminhadas”. Necessário apenas condicionamento fisico. 
  • Subimos no seu cume em 03/06/2018
  • Distância: 18km de ida e volta
  • Tempo: 9h (tempo total do circuito 5 lagos)

10° Pico dos Tres estados | 2.665m | Serra Fina, SP MG e RJ

  • Subimos em 30/04/2018
  • O Pico dos Três Estados marca o encontro entre o estado de SP, RJ e MG.
  • É o 3º pico da travessia da Serra Fina

11° Pedra do Altar |2.663m | Parque Nacional de Itatiaia, RJ

Pedra do Altar 11° Maior montanha do Brasil
Vista do topo da Pedra do Altar
  • Subimos em 02/06/2018
  • A Pedra do Altar possui nove vias de escalada nos seus paredões. Também é possível chegar ao topo do altar com uma caminhada simples com visual completo das Agulhas Negras, Morro do Couto e Asa de Hermes.   
  • Distância: 11km de ida e volta (saindo da portaria do parque)
  • Tempo: 6h

22° Prateleiras | 2.536m | Parque Nacional de Itatiaia, RJ

  • Subimos em 31/05/2018
  • Junto com as Agulhas Negras é um dos principais atrativos do Parque Nacional do Itatiaia. Possui uma das vistas mais privilegiadas, pois desde o seu topo é possível observar além dos principais pontos do parque o Vale do Paraíba. Existem vários trechos de “escalaminhada” até seu cume e muitas pessoas consideram mais difícil do que o cume da Agulhas Negras.
  • Distância: 12km de ida e volta, percurso da entrada do Parque até o Cume do Pico das Prateleiras.
  • Tempo: 7h

26° Pico dos Marins | 2.420,70 | Serra da Mantiqueira, SP

  • Fiz muitos anos atras (muitos mesmo, uns 20 anos) e não tenho registro fotográfico. Foi em uma tentativa de fazer a Travessia Marins x Itaguaré, que teve de ser abortada no dia seguinte do cume dos Marins devido ao mal tempo

27° Alto do Capim Amarelo | 2.392m | Passa Quatro, MG

  • Cume no dia 28/04/2018
  • O Pico do Alto Capim amarelo é a primeira conquista da travessia da Serra Fina, com um visual incrível da Serra da Mantiqueira.

35° Morro da Luva |2.263m | Serra dos Órgãos, RJ

IMG 1187

You may also like

1 comentário

Subindo o Pico da Bandeira com a nossa bebê. - Blog da aventura 1 de outubro de 2019 - 12:07

[…] A trilha que sai do Acampamento Casa Queimada no lado no ES passa necessariamente pelo Pico do Calçado, com 2.849 metros de altitude. E isso pode ser algo bem legal para quem quer adicionar mais uma montanha em sua lista. Esse pico é considerado por muitos a quinta maior montanha do Brasil (Mas o IBGE classifica ela como um sub-cume do Pico da bandeira e assim não inclui na lista oficial. Leia Sobre isso no post: AS 35 MAIORES MONTANHAS DO BRASIL) […]

Responder

Faça um comentário